Ver detalhes do produto
Adicionar ao carrinho Continuar comprando
Comprar Ir ao carrinho
Herberto Sales
Herberto Sales

BiografiaHerberto Sales

Herberto de Azevedo Sales nasceu em Andaraí, Bahia, em 21 de setembro de 1917. Fez o curso secundário em Salvador, no Colégio Antônio Vieira, após o que voltou para a cidade natal, na zona das lavras diamantinas, para dedicar-se ao garimpo, ao comércio de madeiras e às atividades agropecuárias.

Aos vinte e dois anos, torna-se titular do cartório de registro de imóveis e publica algumas crônicas na revista Vamos Ler e Carioca. Seu romance de estreia – Cascalho (1944) – inaugura o ciclo temático da mineração diamantífera, em que fixa os aspectos da vida dos garimpos, como o coronelismo, a capangagem, as explorações dos garimpos pelos donos de lavras. O êxito de crítica alcançado por esse romance faz que ele decida abandonar o cartório e mudar-se para o Rio de Janeiro, para dedicar-se ao jornalismo e à literatura. Trabalha na revista O Cruzeiro, onde se torna chefe do setor editorial. Em 1945, Herberto Sales fez a segunda experiência romanesca, com Além dos marimbus, também ambientado em Andaraí, mas focalizando as atividades madeireiras de beira-rio. Resolve, porém, destruir os originais, para começar a recompô-lo em 1947 e publicá-lo em 1961. Seu terceiro romance – Dados biográficos do finado Marcelino (1965) – é um estudo de caráter, tendo com cenário a cidade de Salvador. No terreno da literatura infantil, Herberto Sales também fez sucesso com dois livros: O sobradinho dos pardais (1969) – prêmio Christiana Malburg, de Belo Horizonte, e diploma de mérito da International Board on Books for Young People – e A feiticeira da salina (1973). Essas obras têm a naturalidade narrativa, o toque de fantasia e o tempero ficcional que transparecem igualmente em seus livros de contos: Histórias ordinárias (1966), do qual o conto “A emboscada” inspirou um filme de curta-metragem, O lobisomem (1970), Uma telha de menos (1970).

Consagrado como um dos nossos mestres da prosa, Herberto Sales é desde 1971 membro da Academia Brasileira de Letras, tendo assumido, em 1975, a diretoria do Instituto Nacional do Livro.

Herberto Sales faleceu no dia 13 de agosto de 1999, no Rio de Janeiro.

Livros do autor
Sem estoque Informe o seu e-mail e o notificaremos assim que o produto chegar em nosso estoque:


Enviar Cancelar