Ver detalhes do produto
Adicionar ao carrinho Continuar comprando
Comprar Ir ao carrinho
José Luís Jobim

BiografiaJosé Luís Jobim

Mestre em Letras (Ciência da Literatura) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1980) e doutor em Letras (Ciência da Literatura) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1986). Fez pós-doutorado na Stanford University (2001). Atualmente é professor titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e professor Associado da Universidade Federal Fluminense. Foi presidente da Associação Brasileira de Literatura Comparada e primeiro secretário da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Letras e Linguística. Entre suas atividades, podem-se mencionar: consultor ad hoc para avaliação de pós, qualis e auxílios da CAPES, parecerista ad hoc do CNPq, da FAPERJ e da FAPESP, e referee/peer reviewer da Agenzia Nazionale di Valutazione del sistema Universitario e della Ricerca (ANVUR) da Itália. É "Cientista do nosso Estado". Segundo a FAPERJ: "As bolsas "Cientistas do Nosso Estado", ou "Bolsas de Bancada para Projetos BBP", destinam-se a apoiar, por meio de concorrência, projetos coordenados por pesquisadores de reconhecida liderança em sua área, com vínculo empregatício em instituições de ensino e pesquisa sediadas no estado do Rio de Janeiro. São elegíveis para concorrer os pesquisadores que tenham, entre outras coisas, produção científica de alta qualidade, compatível com o nível de pesquisador 1 do CNPq, especialmente nos últimos cinco anos (Fonte: Edital FAPERJ nº 09/2009) Foi membro da Comissão Nacional de Letras do INEP. Seu projeto anterior foi sobre as trocas e transferências literárias e culturais e a história da literatura, investigando os fundamentos dos quadros de referência a partir dos quais se formulam os próprios julgamentos dos críticos e teóricos e o repertório terminológico para tematizá-las, incluindo os termos que são mais frequentes na área de Letras do que trocas e transferências , principalmente nas ex-colônias ibéricas: imitação , influência , autonomia e modernização , por exemplo. Seu projeto atual visa a uma análise crítica dos fundamentos alegados por produtores de textos (literários, teóricos, críticos) dos séculos XX e XXI sobre sua própria escrita, considerando a perspectiva implícita e explícita que os escritores produzem sobre sua própria escritura em suas respectivas obras, a perspectiva de críticos e teóricos sobre a produção literária destes escritores, a perspectiva de críticos e teóricos sobre a produção de crítica e teoria, a fim de discutir a emergência de novos sentidos sobre o contexto e as bases materiais em que se configura esta produção, com foco maior na proliferação textual em meio digital. Propõe-se um estudo em perspectiva histórica (contrastando com a produção de sentidos do século XIX) dos conceitos e da terminologia empregados nos discursos de e sobre a literatura no presente (em contraste com o passado), tematizando, entre outras coisas: as comunidades (teóricas, críticas e/ou literárias) organizadas em torno de conceitos compartilhados; a organização de campos a partir de conceitos comuns; os termos e conceitos cuja reiterada presença e aparente permanência encobrem diferenças de conteúdo no seu emprego; etc.

Livros do autor
Sem estoque Informe o seu e-mail e o notificaremos assim que o produto chegar em nosso estoque:


Enviar Cancelar