Cardeal D.-J. Mercier

Cardeal D.-J. Mercier

Voltar para lista de autores

Livros do autor

BiografiaCardeal D.-J. Mercier

O Cardeal Désiré J. Mercier, Príncipe da Igreja, Pastor de almas e filósofo, foi um desses radiosos astros no céu da Santa Igreja, um lídimo santo e forjador de homens aptos à construção do Reino de Deus. Désiré Joseph Mercier nasceu perto da planície de Waterloo, no grande povoado de Braine-l’Alleud (Brabante), no pequeno castelo de Castegier, aos 21 de novembro de 1851, filho de Paul-León Mercier e de Barbe Croquet. Aos 12 anos, passou a cursar o colégio Saint-Rombaut de Malines, em novembro de 1863, e na casa em que se hospedava, aprendeu a falar o flamengo, que lhe seria tão útil nas futuras lides apostólicas. A 1° de outubro de 1868, foi recebido no Seminário Menor de Malines para estudar filosofia durante dois anos. Em outubro de 1870, foi admitido no Seminário Maior. Em 1871, recebeu a tonsura, e foi enviado para a Universidade de Louvaina, a fim de estudar teologia. Aos 4 de abril de 1874 foi ordenado sacerdote, tendo celebrado a Primeira Missa no altar da sua Primeira Comunhão. Com o apoio do Papa Leão XIII, Mercier tornou-se fundador e diretor do Instituto Superior de Filosofia, destinado principalmente aos leigos. Em 1892, fundou o seminário eclesiástico Leão XIII, anexo ao Instituto Superior de Filosofia. Pio X nomeou Mercier arcebispo de Malines, aos 7 de fevereiro de 1906. O novel Arcebispo foi Primaz da Bélgica e Cardeal (1907). A Grande Guerra Mundial de 1914-1918 veio revelar a grandeza do santo arcebispo que enfrentou impavidamente o invasor alemão de sua pátria. O Cardeal Mercier morreu numa sexta-feira, 22 de janeiro de 1926, às 15 horas, num quarto de hospital de Bruxelas, vítima de câncer, depois das orações dos agonizantes, da missa, da recitação de um Te Deum, e das despedidas. (retirado de http://www.hottopos.com/videtur25/ruy.htm)

Sem estoque Informe o seu e-mail e o notificaremos assim que o produto chegar em nosso estoque:


Enviar Cancelar